O que é planejamento estratégico e como ele pode trazer resultados para a sua empresa?

DIWE
September 14, 2022
-
19 minutos
-
Dados e Estratégia

É muito comum encontrar nos ambientes organizacionais um olhar deturpado sobre o que é planejamento estratégico, pois muitas vezes ele é confundido com reuniões demoradas e desinteressantes para os participantes que, em grupo, devem decidir quais ações serão tomadas.

Nesta visão equivocada, muito provavelmente, essas reuniões serão infrutíferas, já que não existem insumos suficientes para estabelecer quais decisões são seguras e os participantes não identificam um propósito em comum, que realmente seja determinante na hora de alcançar os principais objetivos da empresa.

Assim, fica difícil agir de maneira assertiva. 

É exatamente essas lacunas que são preenchidas com um planejamento estratégico “verdadeiro”, aquele que ajuda a liderança com diretrizes precisas sobre o que deve ser feito, quais ações serão necessárias para alcançar esses objetivos e como elas são decisivas no crescimento efetivo do negócio.

Resumidamente, quando se pergunta “o que é planejamento estratégico?”, a resposta apropriada seria: “Um plano de ações que contempla a parte tática e operacional da empresa, desenvolvido por meio de análises de cenários, definição de metas e que contém as práticas necessárias para alcançá-las”.

Nesta era pós-transformação digital, contar com uma estratégia que te entrega informações e diretrizes tão decisivas na hora de ganhar agilidade, melhorar os resultados e manter uma boa performance, gerar um diferencial competitivo é indispensável para alcançar o sucesso e crescer harmoniosamente.

Por isso, neste conteúdo vamos te mostrar o que é planejamento estratégico, porque toda empresa deve ter um e 4 ações fundamentais para desenvolver o seu.

Boa leitura!

Entendendo o que é planejamento estratégico

O planejamento estratégico é um processo de criação e execução de uma estratégia assertiva que será colocada em prática para alcançar os objetivos do negócio. Com ele, é possível estabelecer qual é o caminho seguro e eficaz a ser seguido nos próximos meses, trimestres, semestres ou anos.

Para que isso seja aplicável, durante seu desenvolvimento são definidas as metas, quais processos e ações são necessários para alcançá-las e como os recursos humanos, capitais e tecnológicos serão distribuídos depois de sua efetivação.

Essa estratégia parte do princípio de que é preciso se organizar e desenvolver um plano de ações coerente com as metas e capacidade organizacional e, a partir disso, alcançar os objetivos.

Por isso, o planejamento estratégico requer o envolvimento de todas as equipes e níveis hierárquicos da empresa a fim de garantir que a liderança se comprometa, demonstre dedicação e consiga engajar os times. 

Isso porque, é fundamental que exista harmonia durante as ações e foco nos mesmos propósitos para que as práticas previstas no planejamento entreguem os resultados esperados.

Por que toda empresa deve ter um?

O planejamento estratégico é aplicável para todas as empresas, independente de seu tamanho ou segmento de atuação. Ao mesmo tempo, é fato incontestável a impossibilidade de conquistar os objetivos sem um caminho certo a seguir.

Sem uma organização e preparo prévio, as empresas se perdem, tanto na hora de saber onde querem ou é preciso chegar, quanto na hora de agir, já que não existe um objetivo em comum e as ações se direcionam a propósitos diferentes.

Além disso, a definição de missão, visão e valores (MVV) feita lá atrás, normalmente se perde com o passar dos anos. É preciso avaliar a cultura atual e identificar os novos diferenciais para entender realmente quais são as forças, fraquezas, ameaças e oportunidades no presente. 

Esses são pontos fundamentais para conseguir obter as escolhas que dão fit da melhor maneira possível com o comportamento de consumo e do mercado (algo que muda constantemente e em curtos períodos nesta era totalmente digitalizada). 

Sem esse potencial estratégico, as decisões são tomadas e ações definidas por puro feeling ou achismo, um tipo de liderança que dificilmente é bem sucedida. 

Além disso, com as diretrizes táticas e operacionais bem definidas no planejamento estratégico, as equipes sabem onde devem direcionar o foco e se tornam mais engajadas, pois existem metas bem estabelecidas, com os processos e ações direcionados à elas. 

O resultado disso: um ambiente onde todos os colaboradores entendem a importância de seu papel e a recompensa do sucesso como um todo.

Com todas as equipes operando em harmonia e focadas nos mesmos objetivos, as metas são alcançadas com menores desafios e menos ameaças, promovendo um crescimento qualitativo sem que a empresa perca sua identidade ao longo do caminho.

Conheça as 5 ferramentas de Business Intelligence mais utilizadas nas empresas.

4 ações fundamentais para desenvolver o seu planejamento estratégico

Agora que você já sabe o que é planejamento estratégico, chegou a  hora de conhecer 4 ações fundamentais para criar o seu e colocá-lo em prática. Confira.

1- O primeiro passo é fazer um diagnóstico geral da empresa

Para começar é preciso compreender qual a identidade da empresa e saber como defini-la de maneira clara e objetiva, além de identificar que tipo de organização ela pretende ser no futuro.

Também é fundamental entender realmente qual o MVV da empresa e realizar uma análise SWOT (Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças) para identificar quais os pontos de destaque, os que oferecem certa fragilidade, as ameaças e oportunidades externas.

Por meio desta análise, você também conseguirá identificar os pontos internos e externos em relação ao mercado que estão defasados e precisam de melhorias.

2- Sem metas ninguém chega em lugar nenhum: estabeleça as suas

A definição de metas será fundamental na hora de confeccionar o mapa estratégico das ações táticas e operacionais. 

As metas devem ser estabelecidas para a empresa em todos os níveis, como um todo, para a liderança e os colaboradores. Assim, a visualização dos objetivos estratégicos do negócio se torna dinâmica para todos.

Para defini-las é indispensável entender quais as aspirações da empresa, por isso é tão importante começar o planejamento estratégico fazendo um diagnóstico geral do negócio.

Com isso, você deve se perguntar: Onde queremos chegar? Quando chegar, o que nos tornaremos?

As respostas para esses questionamentos precisam ter como base os cenários internos e externos e o MVV do negócio.

Solucionando essas questões, as metas devem ser definidas de acordo com seus prazos (curto, médio e longo) e serem, indispensavelmente, realistas e aplicáveis na realidade da empresa, ou seja, dentro das capacidades produtivas e dos recursos humanos disponíveis.

Leia também: “Aquisição e Retenção: qual delas têm mais peso na estratégia?

Se as metas definidas forem além do alcance organizacional, trarão somente confusão e desengajamento dos colaboradores, esses que se visualizarão num cenário onde têm rotinas que estão fora de suas capacidades, sem tempo hábil e sem ferramentas necessárias para concluí-las. Ou seja, nada será alcançado.

3- Desenvolva uma estratégia que consiga fazer a empresa alcançar seus objetivos    

Com o diagnóstico pronto e as metas definidas, o próximo passo é identificar quais ações serão necessárias para cumprí-las e alcançar os objetivos estabelecidos.

A partir disso, crie o planejamento, ou seja, um documento que contém os objetivos e metas, ações táticas e operacionais que serão usados como pavimento do caminho para alcançá-los.

Antes de colocá-lo em prática, é indispensável reunir os diferentes times para transmitir os novos objetivos e as diretrizes que serão base para que se tornem realidade. É uma forma de preparar o capital humano para os novos desafios e ao mesmo tempo impulsionar a estratégia.

Nessas reuniões, dê espaço para os colaboradores opinarem e os inclua nas tomadas de decisões, para que se sintam parte ativa do desenvolvimento do negócio e também ajudem com novos insights, afinal, eles sabem melhor do que qualquer líder as deficiências e qualidades das rotinas que atuam. 

Depois disso, é só estabelecer uma data para o planejamento entrar em vigor e colocá-lo para rodar.

4. Faça o acompanhamento da efetividade das ações  

Nesta etapa fica mais fácil sentir realmente o que é planejamento estratégico e como ele atua na prática. Como em qualquer outro tipo de estratégia, ele precisa do acompanhamento das ações para que a gestão possa mensurar os resultados e a consistência das metas.

Portanto, depois de tudo ser planejado levando em consideração os objetivos da empresa e sua capacidade operacional, tirado do papel e colocado em prática, a última ação fundamental para o planejamento estratégico ser eficaz é o acompanhamento dos resultados.

Isso quer dizer que você precisa de uma equipe para controlar todas as ações previstas no planejamento, determinar os indicadores importantes e analisá-las periodicamente. Assim, é possível monitorar o andamento das metas e identificar se as ações planejadas estão funcionando conforme previsto.

Além disso, o acompanhamento por análises periódicas também permite a detecção de processos ou estratégias ineficazes, possibilitando ajustes e melhorias.

Para que essas análises sejam realmente efetivas, é fundamental utilizar uma plataforma ERP ou sistema de gestão integrado a fim de garantir a confiabilidade dos resultados obtidos nelas, pois eles permitem uma organização precisa da enorme quantidade de dados que serão utilizados no acompanhamento.

Como você pode observar, o planejamento estratégico é fundamental na hora de escolher os melhores caminhos e acompanhar a jornada até os objetivos serem alcançados. Além disso, ele funciona como um guia para que todos os níveis hierárquicos da empresa consigam visualizar suas ações e entendam como fazê-las para que as metas sejam alcançadas.

Pronto, agora você sabe o que é planejamento estratégico, porque toda empresa deve ter um e quais ações são fundamentais para desenvolver o seu. Agora, que tal aprender a elaborar um plano de marketing campeão? Acesse aqui e baixe o manual completo para desenvolver um planejamento de marketing bem estruturado e alinhado com seus objetivos.

Publicações similares

Inovação Corporativa
12 miniutos
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Suspendisse varius enim in eros elementum tristique. Duis cursus, mi quis viverra ornare, eros dolor interdum nulla, ut commodo diam libero vitae erat. Aenean faucibus nibh et justo cursus id rutrum lorem imperdiet.

Inovação Corporativa
12 miniutos
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Suspendisse varius enim in eros elementum tristique. Duis cursus, mi quis viverra ornare, eros dolor interdum nulla, ut commodo diam libero vitae erat. Aenean faucibus nibh et justo cursus id rutrum lorem imperdiet.

Inovação Corporativa
12 miniutos
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Suspendisse varius enim in eros elementum tristique. Duis cursus, mi quis viverra ornare, eros dolor interdum nulla, ut commodo diam libero vitae erat. Aenean faucibus nibh et justo cursus id rutrum lorem imperdiet.

Inovação Corporativa
12 miniutos
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Suspendisse varius enim in eros elementum tristique. Duis cursus, mi quis viverra ornare, eros dolor interdum nulla, ut commodo diam libero vitae erat. Aenean faucibus nibh et justo cursus id rutrum lorem imperdiet.